Anaterc ANATERC - Associação Nacional dos Trabalhadores em Refeições Coletivas

CONVENÇÕES/ACORDOS – REFEIÇÕES COLETIVAS.



REGIÃO:



TIPO:



PISO:





C. BÁSICA:





CONVÊNIO:



DATA BASE JANEIRO







AMAPÁ:

cct
R$ 1.239,50
Cozinheiro R$ 1.277,29

R$ 118,00S

BRASÍLIA/GÓIAS:

cctR$ 1.277,29R$ 142,00S

CEARÁ:

cctR$ 1.239,12R$ 145,00N

CURITIBA:

cctR$ 1.372,00R$ 239,10S

ESPIRITO SANTO:

cct
R$ 1.261,90
Cozinheiro R$ 1.882,40
Nutricionista
R$ 2.961,00



N

S

MATO GROSSO:

cct
R$ 1.239,50
Cozinheiro R$ 1.277,29

R$ 118,00S

MATO G. DO SUL:

cctR$ 1.277,29R$ 118,00S

MINAS GERAIS:

cctR$ 1.243,08R$ 190,00S

NORTE/OESTE/PR:

cctR$ 1.362,80R$ 212,40S

PARAÍBA:

cctR$ 1.239,50R$ 118,00S

RIO DE JANEIRO:

cctR$ 1.300,00R$ 250,00N

RIO G. DO SUL:

cctR$ 1.324,87R$ 130,67S
RONDÔNIA:cct
R$ 1.239,50
Cozinheiro R$ 1.277,29

R$ 118,00S

RORAIMA:

cct
R$ 1.239,50
Cozinheiro R$ 1.277,29

R$ 118,00S

SANTA CATARINA:

cctR$ 1.391,64R$ 133,59S


DATA BASE MARÇO



CAXIAS DO SUL:

cctR$ 1.530,23R$ 164,76N

PERNAMBUCO:

cctR$ 1.251,96R$ 170,00S


DATA BASE MAIO








SERGIPE:

cctR$ 1.270,00R$ 150,00S


DATA BASE JUNHO








AMAZONAS:

cctR$ 1.387,00R$ 135,00S
SÃO PAULO:cct


R$ 187,54
a partir de Jan/23
R$ 193,41
S
Piso.......................................................R$ 1.562,81 jun/22
                                                           R$ 1.611,73 a partir de jan/23
Cozinheiro (a)....................................R$ 1.738,02 jun/22
                                                           R$ 1.792,42 a partir de jan/23
Piso Cozinheiro Hospital...............R$ 1.568,38 jun/2022
                                                          R$ 1.617,47 a partir de jan/2023
Copeiro (a).........................................R$ 1.568,38 a partir de jun/22
                                                          R$ 1.617,47 a partir de jan/23
Para salários acima de 2,5 pisos (R$ 3.600,95) será aplicado parcela fixa de R$ 306,08 em junho e mais R$ 122,29 a partir de jan/2023.

ANATERC Associação Nacional dos Trabalhadores em Refeições Coletivas, ora presidida por Carlos Freitas, tem procurado fortalecer a categoria em todos os aspectos sejam eles de ordem social, trabalhista ou política.

Carlos Alberto de Freitas